Disputa pela OAB Campos ganha notoriedade de eleição para prefeito

Com todo respeito que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) merece, a campanha para a presidência em Campos lembra de perto uma eleição de prefeito. Os dois candidatos ocupam espaços em blogs e mais blogs listando suas virtudes e promessas em caso de vitória. Fora alfinetadas desferidas parte a parte pelos simpatizantes de uma ou outra chapa. Gente, é apenas uma entidade representativa de classe elegendo sua diretoria. Como tantas outras fazem o ano inteiro. E nem por isso se promovem desse jeito. Menos, pessoal, menos. Afinal, o pleito na OAB só interessa aos advogados, por mais que sejam prestados relevantes serviços à sociedade. No mais, sorte aos concorrentes Cláudio Andrade e Filipe Estefan. Que vença o melhor, como tem de ser.

5 comentários:

Celso Vaz disse...

O problema, Álvaro, é que nem sempre vence o melhor.....
Nós, do Sociedade Blog, abrimos espaço para a chapa "Ordem de Verdade" expor suas propostas, até porque há tempos o candidato da oposição, Dr. Claudio Andrade vem fazendo o mesmo em seu blog e em outros da cidade.
Não estava na cidade na época das eleições para prefeito, mas soube que a coisa pegou fogo na blogosfera.
Claro que não é a mesma coisa, nem pode ser. Mas acho legal que espaços democráticos como os blogs possam ajudar de alguma forma este processo democrático.

Um abraço tricolor deste admirador do seu blog.

Marcia Mattos disse...

Olá Álvaro!!

Entendo seu ponto de vista, mas como acadêmica de Direito e futura bacharel, me sinto feliz em ver que as propostas de ambas as chapas estão à nossa disposição na internet. Espero de verdade que os futuros colegas saibam fazer a escolha acertada.

Um beijão e boa sorte ao seu Botafogo!!!rsrssr

Álvaro Marcos disse...

Obrigado, Celso e Márcia, pelos comentários. Respeitando a opinião de vocês, reitero a minha: é apenas uma eleição para um órgão representativo de classe. E entendo que desta forma merece ser tratado este assunto.

Abração pra vocês e grato pela visita. Voltem sempre!

Cassio Peixoto disse...

A OAB se comportava como se fosse o umbigo de Campos, não dava atenção a ninguém, agora, como a briga está feia e o páreo é duro, ficam pedindo ajuda de todo mundo e falando comigo como se fossem meus amigos íntimos, já falei! Não dou advogado! auhuauauahuauahu

Cassio Peixoto disse...

Não sou advogado he he he he