Americano segura empate heróico

O Americano conquistou agora há pouco, em Cabo Frio, o que a gente pode chamar de empate heróico. Com dois jogadores a menos praticamente durante todo o segundo tempo, depois que Siller e Gil foram expulsos, o time de Campos suportou uma pressão incrível e deixou o estádio Alair Corrêa com mais um ponto no Grupo A da Taça Guanabara. Marcelinho, do Cabofriense, também recebeu cartão vermelho, só que no último minuto da partida. O Americano abriu o placar com Paulo Henrique, no finalzinho do primeiro tempo. Fabinho deixou tudo igual aos 18 da etapa final. Agora o Americano tem oito pontos e só deixa a zona de classificação nesta rodada se o Vasco vencer o Resende e o Madureira golear o Tigres, em Xerém, por quatro gols de diferença. O time campista volta a jogar no próximo sábado, justamente diante do Madureira, fora de casa.

2 comentários:

Associação Campista de Judô disse...

Álvaro, o Judô campista entrou na blogosfera. Estamos no judocaacj.blogspot.com e contamos como de costume com seu importante apoio. abs
Gustavo Rangel

Gervásio Neto disse...

O Americano está dando mole. Vai dançar...