Premonição

Foto: Adriana Lorete/Site do Botafogo
Encontrei o irrequieto Cássio Peixoto há cerca de um mês no campo do Americano. Perguntei sua opinião sobre a contratação de Geninho pelo Botafogo. Alvinegro inchado, porém com o juízo cada vez mais em ordem, Cássio disparou: “Ficar uns quatro, cinco jogos até ter o trabalho questionado. Depois vai acabar sendo mandado embora”. A bola de cristal funcionou perfeitamente. Geninho durou seis partidas à frente do time.

5 comentários:

Cassio Peixoto disse...

tem mais uma coisa, Geninho é gordo. Mas calma, não é nehum tipo de preconceito, mas como bom botafoguense sou preconceituoso e técnico gordo nunca levou o Botafogo a título algum. Todos os técnicos que venceram à frente do alvinegro eram magros, desde João Saldanha. Lembrou?

Luiz Costa disse...

Deixo registrado o meu protesto. Preconceito ao obeso já é demais... Espinosa, em 89, tinha uma barriga saliente... rsrs

Gervásio Neto disse...

Durou até muito tempo, amigo Álvaro. Estava a ponto de torcer contra meu Botafogo para ver Geninho sair....mas e agora??? O que será de nós?? O elenco é fraco e Cuca fazia milagres....o que fazer??? grande abraço...estou sempre visitando o blog!!

Gervásio Neto disse...

Ney Franco é bola da vez!!! E ele é gordinho...rsrs

Álvaro Marcos disse...

Pois é... Ney Franco... O que será do Botafogo, uái?