Ex-técnico do Goyta fez aniversário domingo

Domingo passado, dia 22 de março, foi aniversário de um dos grandes treinadores do Goytacaz nas últimas décadas. José Luiz Carbone, técnico do timaço alvianil na Taça Guanabara de 1983, completou 63 anos de idade. O Goyta foi o segundo clube na carreira de Carbone. Antes, ele só havia treinado o Nacional de São Paulo. O sucesso na Rua do Gás foi tanto que, ao final do primeiro turno do Campeonato Estadual daquele ano, Carbone foi contratado pelo Fluminense, onde sagrou-se campeão. Em 83 o Goyta voltava à Primeira Divisão depois de amargar alguns anos fora da elite. Logo na estréia, fez 4x1 no Volta Redonda, no Arizão – com três gols do meia-atacante Cláudio José. Na rodada seguinte, um confronto histórico: venceu o poderoso Flamengo por 2x1, também em casa, gols de Petróleo e Gilmar, diante de quase 20 mil pessoas. Para a torcida recordar, o time comandado por Carbone era o seguinte; Jorge Luís, Ditinho, Gilberto, Cléber e Valtair; Cláudio Neves, Gilmar e Cláudio José; Chiquinho, Petróleo e César. Carbone treinou o Atlético Sorocaba, do interior de São Paulo, até o último dia 15 de março, data em que deixou o clube juntamente com seu filho e auxiliar-técnico, Rodrigo Carbone.


2 comentários:

Gustavo Rangel disse...

um dos melhores que já passou pela rua do Gás

Marcelo Bessa Cabral disse...

Em 83, no dia que o Goyta venceu por 2 x 1 esse time que você citou eu era uma das quase 20 mil pessoas que estavam no Arizão: foi inesquecível!